Brasileirão Série A

Dança das cadeiras: veja a lista de troca de treinadores da Série A do Brasileirão 2019

Número de treinadores demitidos aumenta após a 23ª rodada do Campeonato Brasileiro

7 de Outubro de 2019 às 09:55 por | -- comentário(s).


Demitido na 6ª rodada, Abel Braga foi o primeiro treinador a ser mandado embora no Brasileirão 2019. (Crédito: Divulgação/Alexandre Vidal Flamengo)

A 23ª rodada da Série A do Brasileirão 2019 se encerrou e mais um técnico foi demitido. Após derrota em casa no clássico contra o Fluminense, a diretoria do Botafogo oficializou a demissão de Eduardo Barroca, que não aguentou a mais um resultado negativo. A saída de Barroca é a 12ª demissão de treinadores na primeira divisão do Campeonato Brasileiro 2019. Separamos abaixo a lista dos técnicos que foram demitidos, importante ressaltar que, não incluímos os que pediram as contas com o clube, apenas os que foram mandados embora. Confira:

Abel Braga (Flamengo)

Abelão foi o primeiro a ser demitido na competição. Mesmo com o título do Campeonato Carioca, o treinador aguentou apenas até a 6ª rodada do Brasileirão. Para seu lugar, o português Jorge Jesus foi contratado e vem fazendo um extraordinário trabalho, até aqui. Hoje, Abel Braga é treinador do Cruzeiro e, em duas rodadas, soma uma derrota e um empate. 

Geninho (Avaí)

O segundo a ser mandado embora foi Geninho. O treinador aguentou até a 9ª rodada, porém não conseguiu uma vitória sequer nas nove partidas disputadas pelo time catarinense. Hoje, o treinador está no Vitória, que está na zona de rebaixamento da Série B do Brasileirão.

Marcelo Cabo (CSA)

Apesar de conquistar o estadual, o treinador não aguentou a sequência de resultados negativos e também caiu na 9ª rodada. 

Ney Franco (Chapecoense)

Na 11ª rodada, Ney Franco foi demitido da Chape. O treinador tinha conquistado o vice-campeonato catarinense com o clube. Hoje, a Chapecoense amarga a lanterna da Série A. 

Claudinei Oliveira (Goiás)

Sofrer duas goleadas por 6 a 1 é bastante complicado para qualquer técnico, não seria diferente com Claudinei. O treinador foi demitido do clube goiano na 13ª rodada, e quem está no agora no comando do time é Ney Franco. 

Mano Menezes (Cruzeiro)

A péssima fase que vive a Raposa sobrou para o então técnico com maior longevidade em um clube brasileiro. Após a 13ª rodada, Mano Menezes foi demitido do Cruzeiro. 

 Fernando Diniz (Fluminense)

Com o estigma de jogar bonito, mas não vencer, o treinador não aguentou a pressão e os resultados negativos e foi demitido do Fluminense. Quem assumiu seu lugar foi Oswaldo de Oliveira e, hoje, Diniz é treinador do São Paulo. 

Felipão (Palmeiras)

Apesar de ganhar o Brasileirão 2018 e começar bem a edição de 2019, os resultados negativos começaram a aparecer. Uma sequência de sete jogos sem vencer na competição nacional e a queda na Libertados culminaram com a demissão de Felipão. Mano Menezes foi quem assumiu seu lugar. 

Rogério Ceni (Cruzeiro)

A fase realmente não é boa no Cruzeiro, o segundo técnico demitido só nesse Brasileirão foi Rogério Ceni. Com a demissão de Mano Menezes, Ceni saiu do Fortaleza e assumiu o comando do time mineiro, porém, com problemas com o elenco do time, o ex-goleiro acabou demitido. 

Zé Ricardo (Fortaleza). 

Após o pedido de Ceni para deixar o clube, o Fortaleza trouxe Zé Ricardo. Porém, com os resultados negativos e após a demissão de Ceni do Cruzeiro, o Fortaleza optou por demitir Zé e recontratar o ex-goleiro. 

Oswaldo de Oliveira (Fluminense)

A passagem de Oswaldo no comando do Fluminense durou apenas cinco partidas do Brasileirão 2019. Com apenas uma vitória nesse período, o treinador teve grave discussão durante uma partida com o próprio jogador, Paulo Henrique Ganso. O treinador não aguentou e foi demitido.

Enderson Moreira (Ceará) 

Após o acumulo de 11 jogos sem vitória, o Ceará optou em demitir o técnico Enderson Moreira pela sequência negativa. Ele deixou o comando do clube após o revés por 2 a 1 para o Atlético-MG. 

Eduardo Barroca (Botafogo) 

A última queda de treinadores do Brasileirão 2019 foi a de Eduardo Barroca. Após início de campeonato arrasador com o técnico, o Botafogo caiu de produção após a Copa América, emplacou série de cinco resultados negativos e Barroca caiu. 

É BOM DE PALPITE? APOSTE NOS JOGOS DO BRASILEIRÃO 2019 

Se você é um apostador com a rara habilidade para acertar os vencedores dos jogos e cravar os placares com 100% de sucesso, não perca tempo e transforme seus palpites em dinheiro. Quer saber como? 

Acesse o Betsul, o melhor site de apostas esportivas da América do Sul, confira as dicas de apostas, estatísticas especiais e faça quantas apostas quiser nos duelos do Campeonato Brasileiro Série A.